BLOG DA

VIGORFERT

Buscar
  • VigorFert

Como a análise de solo pode ajudar seu cultivo?


A análise de solo é um dos primeiros passos que o agricultor deve realizar para aumentar sua produção.




Como a análise de solo pode ajudar seu cultivo?

A análise de solo é fundamental para o planejamento agrícola. Através dela conseguimos as informações sobre a constituição do solo com relação à fração orgânica e mineral; quais os macronutrientes e micronutrientes existentes e suas respectivas quantidades para tomar a decisão correta para corrigir o solo, “neutralizando” os nutrientes que provocam acidificação e a salinização do solo; e de acordo com a cultura a ser implantada na área possibilita fazer o “balanço” nutricional do solo, incrementando nutrientes através da aplicação de fertilizantes, fornecendo, assim, os teores ideais de cada macro e micronutrientes necessários para a nutrição das plantas, permitindo a elas expressarem o seu máximo potencial produtivo.



Quais os objetivos da análise do solo?

A análise de solo é o “check up” que podemos fazer, que nos fornece todas as informações a respeito da situação em que se encontra o solo.

Com o resultado dela, verificamos a existência de nutrientes benéficos e “prejudiciais” ao desenvolvimento das plantas e, também, quantificamos cada um.

Diante disso, o produtor rural poderá adotar as medidas e práticas para corrigir o solo e fornecer os macro e micronutrientes necessários para atender a demanda das plantas, de acordo com a exigência de cada cultura.



Quando fazer a análise?

A análise de solo deve ser feita logo após a colheita da cultura anterior para o produtor rural ter o “check up” completo de sua área em mãos e, assim, conseguir planejar a quantidade e quais corretivos e fertilizantes serão necessários para conduzir a lavoura da melhor forma.

Também, pode ser feita ao longo do ciclo da cultura para monitorar a disponibilidade de nutrientes no solo, que interferem diretamente no desenvolvimento vegetativo e produtivo da cultura.



Quais os tipos de análise do solo?


Existem três tipos de análise de solo:
  • análise química: através da qual determina quais macro e micronutrientes, e suas respectivas quantidades existentes no solo;

  • análise física: que determina a constituição do solo pelos percentuais de areia, silte e argila e fornece a granulometria das partículas e a densidade do solo;

  • análise de matéria orgânica: determina o teor e o tipo de matéria orgânica existente no solo, a qual influencia, diretamente, nas propriedades químicas e físicas do solo.

Observação: outro tipo de análise utilizada, mas que não é feita através do solo, é a análise de tecido vegetal, através da qual conseguimos mensurar a absorção e extração de nutrientes pelas plantas, e, também, verificamos possíveis deficiências nutricionais e/ou fitotoxicidade provocada por defensivos agrícolas.



Como efetuar a amostragem de solo?

Para realizar uma boa amostragem, o agricultor deve dividir sua área em glebas homogêneas, ou seja, serem iguais por manchas de solo, relevo, declive, cor do solo, textura, cultura antecedente e adubação anterior. A área deve ser dividida em até 20 hectares. Use ferramentas como enxadão e trados para retirar a amostra.


Após feita a subdivisão das glebas, deverão ser retiradas subamostras, pois cada gleba terá sua amostra composta, que é constituída por várias subamostras. Cada subamostra é retirada em um ponto da área. Para determinar esses pontos, percorra toda área em ziguezague. É importante que os pontos sejam bem distribuídos dentro das glebas para que a amostragem consiga abranger toda a área.


No momento da coleta, faça uma limpeza superficial do solo, retirando apenas os resíduos vegetais e pedras que ali se encontram.


Depois da limpeza, faça um furo de 0 a 20 cm e, no caso do trado, descarte a terra lateral da parte externa e utilize apenas a terra contida na parte interna. Coloque dentro de um balde identificado com 0 a 20 cm. Agora repita o mesmo procedimento no mesmo furo, dessa vez com 20 a 40 cm de profundidade. Faça esse mesmo processo em todas as glebas. Lembre-se de colocar todas as subamostras coletadas de cada gleba em baldes diferentes com a identificação de 0 a 20 cm e 20 a 40 cm.


Em seguida, faça uma mistura que homogenize o volume de terra contido em cada balde e retire 300g aproximadamente. Coloque essas 300g em uma embalagem de papelão ou plástico e envie ao laboratório. Certifique-se de identificar todas as amostras.



Como fazer a análise de solo?

A análise é realizada nas seguintes etapas: amostragem do solo, análise em laboratório, interpretação dos resultados e adoção das recomendações.

  1. Para realizar a análise, o produtor deve retirar amostras do solo;

  2. As amostras devem ser enviadas ao laboratório para serem analisadas;

  3. Feita a análise e o agricultor com as informações pertinentes ao solo, o próximo passo é efetuar a interpretação dos resultados e fazer a recomendação agronômica para utilização de corretivos e fertilizantes para o ganho de produção.

37 visualizações

VIGORFERT  |  Fertilizantes Especiais.

BR 452 KM 155

Jardim Panorama

Uberlândia - MG

CEP: 38407-049

(34) 9 9830-1212 - Departamento Comercial

(34) 3214-3800 - Departamento Administrativo

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Preto Ícone LinkedIn
  • Black YouTube Icon

VIGORFERT  |  Fertilizantes Especiais © 2020. All Rights Reserved.

Receba notícias e promoções da Vigorfert em seu e-mail.
WHATSAPP
(34) 9 9830 5955
LIGUE AGORA
(34) 3214-3800
MANDE UM E-MAIL